O app brasileiro de captação de talentos

Em nosso último post, Um sistema em busca de talentos, falamos sobre um sistema online que ajuda técnicos universitários dos EUA a selecionarem os melhores atletas para suas equipes. Terminamos o post questionando se seria possível o desenvolvimento e uso de uma ferramenta para seleção de talentos em nível nacional.

Após pesquisar, a equipe da BPM descobriu que já existem algumas iniciativas do tipo. Uma delas é o “iSports”, uma espécie de olheiro eletrônico desenvolvido por estatísticos. Segundo “O Estadão”, “por meio dessa plataforma, jovens que praticam esportes são comparados em vários quesitos variáveis e os mais destacados, além de possíveis fraquezas apontadas.”

Segundo o prof. Dr. Francisco Louzada, um dos idealizadores do app, a proposta é apresentar uma estrutura sistemalizada capaz de registrar as capacidades, os perfis e o testes específicos de jovens atletas. Assim os profissionais podem abastecê-la com dados oriundos destes testes, comparar os resultados de diferentes atletas e até compartilhá-los com outros profissionais.

criancas_correndo_get

O sistema ainda não está sendo utilizado em larga escala. Inicialmente, apenas uma escolinha de futebol do Santos, em São Carlos tem feito o uso. Mas, assim como vimos no último post, se outras instituições e profissionais passarem a fazer o uso seria o início de um banco de dados consideravelmente útil na busca por talentos em potencial. Entretanto, diferentemente da plataforma utilizada pelas universidades norte-americanas, falta apoio para a implementação em grande escala de iniciativas do tipo. Possivelmente também falte um pouco da ideia de todos fortalecendo uma causa. Afinal, a ferramenta exigiria a colocaboração de profissionais de instituições distintas.

Vale lembrar que este sistema é flexível ao uso de diferentes modalidades. O que aumenta ainda mais o potencial de sucesso do app. Talvez, se algum grande incentivador do esporte de visão ou até mesmo o Ministério do Esporte abraçassem esta causa o sistema possa se dissipar mais rapidamente. Obviamente, neste caso, criando regras para o uso desde as categorias mais novas.

Por Matheus Gomes

Gostou? Curta e compartilhe! 😉

Logo bpm vertical degradê PARA O BLOG

“O ESPORTE CONSTRÓI MARCAS!”

Confira na íntegra as matérias que inspiraram este post:
Artigo 1: BPM Marketing Esportivo – Um sistema em busca de talentos
Artigo 2: Estadão – Sistema promete ajudar Brasil a revelar novos craques

Imagem Capa – Divulgação – nodepositmobilebet.com (adaptada)
Imagem 2: Divulgação – Esporte Alternativo
Imagem 3: Propriedade BPM Marketing Esportivo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>